sábado, 1 de março de 2014

A real situação da economia brasileira e o discurso falso e mentiroso da Direita reacionária e golpista! - por Marcos Doniseti!

A real situação da economia brasileira e o discurso falso e mentiroso da Direita reacionária e golpista! - por Marcos Doniseti!




Direitista reacionários, mentirosos e golpistas vivem dizendo que a situação econômica, financeira e social do Brasil. atualmente, seria muito ruim. 

Para comprovar o quanto esse discurso é totalmente falso e mentiroso, vou citar 13 dados atuais a respeito da economia brasileira.

Então, vamos aos fatos:

1) O crescimento do PIB do Brasil em 2013 chegou a 2,3% e foi o segundo maior entre as 8 maiores economias do mundo, ficando atrás apenas da China (mas o mundo inteiro cresce menos do que a China, certo?);

2) A produção de grãos do Brasil em 2013 foi recorde histórico, ultrapassando os 188 milhões de toneladas. Para 2014, a estimativa é de uma produção ainda maior, de 196 milhões de toneladas de grãos;

3) A produção de veículos em 2013 foi recorde histórico, ultrapassando os 3,7 milhões de unidades;

4) As vendas do comércio varejista brasileiro cresceram 4,3% em 2013. Desde 2004 que elas crescem sem parar. São 10 anos consecutivos de crescimento; 





5) Os desembolsos do BNDES para financiar os investimentos dos setores produtivos da economia foram recorde em 2013, passando dos R$ 190 bilhões;

6) Nos três primeiros anos do governo Dilma, o Brasil recebeu US$ 196 bilhões em investimentos externos diretos (produtivos), batendo um recorde histórico;

7) Entre 2011-2013, as exportações brasileiras atingiram os US$ 740,7 bilhões (média anual de US$ 247 bilhões);

8) A taxa de inflação ficou em apenas 5,91% em 2013. Desde 2005 que a taxa média anual está em 6%, mostrando que vivemos numa era de estabilidade econômica permanente; 





9) As reservas internacionais líquidas do Brasil são de US$ 376 bilhões, representando 17% do PIB, o que permite ao governo brasileiro combater com eficiência das frequentes crises econômicas e financeiras que acontecem em outros países e que se tornaram frequentes nos últimos anos;

10) A dívida pública líquida brasileira caiu para 33,8% do PIB em Dezembro de 2013. No final de 2012 ela era de 35,1% do PIB. Assim, ela caiu 3,7% (em termos reais) em apenas um ano e se aproxima cada vez mais do patamar em que se encontrava no final de 1994 (governo Itamar Franco), quando era de apenas 30% do PIB.

11) O salário mínimo têm aumento real anual, garantido por lei, desde o segundo mandato do governo Lula. E o seu poder de compra é o maior desde 1979, segundo o Dieese. Atualmente o mesmo está em R$ 724, acumulando um reajuste nominal de 262% e um aumento real de 72,7% desde 2003;

12) Temos a menor taxa de desemprego da história brasileira, que fechou 2013 em apenas 4,3%, contra 10,5% em Dezembro de 2002;





13) A distribuição de renda melhorou substancialmente no país, permitindo que 50 milhões de brasileiros subissem de classe sócio-econômica (40 milhões subiram para a classe C e outros 10 milhões ascenderam para as classes AB) e a concentração de renda diminui a cada ano que passa. O índice de Gini (0,519, dado de 2012) atual é o menor desde que o mesmo começou a ser aplicado no Brasil.

Tudo isso comprova a mais do que sólida situação da economia brasileira atualmente.



Nenhum comentário: