domingo, 24 de fevereiro de 2013

A Conmebol e a sua vasta incompetência! - por Marcos Doniseti!

A Conmebol e a sua vasta incompetência! - por Marcos 

Doniseti! 


A Conmebol sempre foi incapaz de garantir a segurança de todos que comparecem aos jogos dos torneios que ela organiza. A incompetência dela é mais do que conhecida. 

Dizem que o torcedor do Corinthians que soltou o foguete que matou o jovem boliviano irá se entregar. Correto. Já deveria ter feito isso, na verdade, pois quem comete um crime como esse tem que pagar pelo que fez, sim, de uma forma ou de outra. E que ele seja julgado com base nas leis bolivianas, pois foi lá que ele cometeu o seu crime absurdo e indefensável. 

Agora, querer punir o Corinthians por isso é o fim da picada. E digo isso por vários motivos, como:

1) Quem organiza a Taça Libertadores não é o Corinthians, mas a Conmebol. E é função desta analisar e verificar a situação de todos os estádios que serão utilizados no torneio. Se um deles não oferecer condições adequadas de segurança aos torcedores, jogadores, imprensa, etc, então o mesmo teria que ser reformado para se adaptar a essas exigências. Do contrário, a sua utilização deveria ser proibida, sem qualquer hesitação. 

Afinal, a vida e a segurança de todos está acima do lucro. Simples assim.

2) Além disso, é também responsabilidade do clube mandante (no caso , o San Jose e não o Corinthians) executar as determinações da Conmebol para tornar o jogo seguro para todos. Se o clube mandante recebeu ordem neste sentido, por parte da Conmebol, e não cumpriu com o seu papel, então o mesmo deverá ser punido.

3) Devem existir, portanto, regras iguais em todos os jogos disputados na América do Sul envolvendo os clubes que disputam a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana a fim de garantir a segurança de todos.

A utilização de sinalizadores rojões, bandeiras ou qualquer tipo de objeto que possa ser usado num ato de violência deve ser totalmente proibida. E a fiscalização rigorosa por parte das forças policiais para impedir que os torcedores entrem com os mesmos nos estádios deve ser exigida pela Conmebol e cumprida pelos clubes. Quem não o fizer, deverá ser severamente punida.

Se tudo isso tivesse sido determinado e cumprido, o torcedor do Corinthians jamais teria tido a chance de cometer um ato tão estúpido e que teve consequências trágicas.

Portanto, ao punir o Corinthians, a Conmebol está, na verdade, tentando responder a um fato trágico pelo qual ela é a principal responsável e está transferindo uma responsabilidade que é sua para o clube paulista, o que é um absurdo total.

Por estas razões, deveríamos ter punições, sim, mas para a Conmebol, por sua incompetência, para o San Jose, por sua omissão e para o torcedor, pelo crime que cometeu.

Candidatura de Aécio poderá enterrar o PSDB! - por Marcos Doniseti!

Candidatura de Aécio poderá enterrar o PSDB! - por Marcos Doniseti!

Os dois presidentes mais populares da história brasileira estão juntos. Terá Aécio alguma chance contra eles? 

Diz que o Aécio falou que vai radicalizar a linha anti-PT em 2014. Sério, mesmo? Beleza... Com isso, ele deverá ficar em 4o.lugar na eleição, atrás de Dilma, Marina e Campos. 

Com um candidato presidencial tão ruim de votos, a candidatura de Aécio será a pá-de-cal que falta para enterrar o PSDB, pois um discurso tão radical contra um governo tão popular, ele terá, no máximo, uns 10% a 15% dos votos e os tucanos ainda irão correr o sério risco de perder governos estaduais importantes, como SP, PR, GO e MG , onde a oposição PT-PMDB-PCdoB saiu fortalecida nas eleições municipais, vencendo na imensa maioria das grandes cidades.

Talvez os tucanos vençam apenas em Minas Gerais, com a candidatura de Anastasia, e olhe lá. 

Assim, uma candidatura presidencial fraca, como a de Aécio, ajudará a empurrar para o buraco as candidaturas de Alckmin, Anastasia, Richa e Perillo para os governos de seus estados.

E sem vencer nestes estados e ainda perdendo feio a disputa presidencial, o PSDB acabará.

Felizmente, aliás.

Afinal, a existência de um oposição crítica e que contribua para o aprimoramente do Estado e da sociedade é muito importante, sim, para o Brasil. Mas isso é tudo o que o PSDB não faz. Aliás, nunca fez. E a população cansou dessa baboseira demagógica e hipócrita a respeito de um denuncismo vazio e irresponsável. 


O que os brasileiros desejam é a resolução dos seus problemas de transporte coletivo, saúde, educação, enchentes, transporte coletivo e trânsito, poluição, saneamento básico, moradia. 

Enfim, o brasileiro quer viver melhor, de forma digna.

Enquanto isso, o PSDB só sabe falar de 'mensalão, mensalão, mensalão'... Faça-me o favor. Esse discursinho fajuto de quem comprou votos para aprovar a reeleição em proveito próprio e promoveu a privataria já era, morreu, zéfini. 

E é justamente por insistir nesta baboseira vazia, pseudo-moralista e udenista, enquanto ignora as demandas da população e da sociedade, é que o PSDB irá afundar.

Quem viver, verá.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Lula, Dilma e a herança 'trágica' - por Marcos Doniseti!

Lula, Dilma e a herança 'trágica' - por Marcos Doniseti!


Lula deve estar dizendo para o Guardiola: Meu Corinthians foi Campeão Mundial de 2012 e ganhamos daquele time que eliminou vocês da Liga dos Campeões. 


Diz que o puxa-saco do FHC, chamado Arnaldo Jabor, cuja ex-esposa foi assessora do Serra, falou que a herança de Lula-Dilma é uma verdadeira desgraça para o Brasil. 

Bem, vou listar alguns itens dessa herança 'trágica' dos governos Lula e Dilma, ok? Vamos lá, então:

1) Menor desemprego da história (menos da metade do que tínhamos no gov. FHC); 

2) Menor inflação da história (metade da acumulada no gov. FHC);

3) 50 milhões de brasileiros subiram de classe sócio-econômica;

4) Brasil paga a dívida com o FMI, do qual vira credor;

5) Maior aumento real para o salário mínimo em 60 anos;

6) Forte aumento dos gastos sociais federais, que passaram de 7,5% do PIB para 10,5% do PIB;

7) Menor taxa Selic da história;

8) Maiores reservas internacionais líquidas da história, com quase US$ 380 bilhões em caixa;

9) Menor concentração de renda da história, como mostra o índice de Gini, combinando crescimento econômico com melhor distribuição de renda;

10) Política Externa soberana e independente, recusando a ALCA e fortalecendo os laços com os países emergentes.

Assim não pode! Assim não dá!

Cuba e o IDH da ONU! - por Marcos Doniseti!

Cuba e o IDH da ONU! - por Marcos Doniseti!

Mesmo sem ser um Império que domina e ataca outros países, Cuba tem um  índice de mortalidade infantil menor do que o dos EUA, algo que a Yoani nunca faz questão de lembrar. Porque será, hein? 

Consultem o IDH da ONU no Wikipédia e lá vocês irão descobrir que, entre os países da América Latina, Cuba fica atrás apenas do Chile, da Argentina e do Uruguai no ranking que indica a qualidade de vida dos povos pelo mundo afora.

Enquanto isso, os países vizinhos de Cuba (El Salvador, Haiti, República Dominicana, Honduras, Guatemala, etc) tem um desempenho muito inferior ao cubano.

Vejamos a classificação deles:

Cuba posição 51;
Rep. Dominicana posição 98;
El Salvador posição 105;
Honduras posição 121;
Guatemala posição 131;
Haiti posição 158.

Portanto, não há o que comparar.

O povo cubano desfruta de condições de vida infinitamente melhores do que a dos povos de seus países vizinhos, com os quais possui uma história comum de exploração colonial e neocolonial por parte das potências européias e dos EUA durante mais de 400 anos.

Assim, mesmo tendo uma 'origem' histórica semelhante (país colonizado, escravidão, dependência externa, etc) Cuba está em situação muito melhor do que a dos países vizinhos, historicamente dominados pelos EUA desde o final do século XIX e que não conseguiram romper com essa relação de submissão e dependência em relação ao Império Ianque.

Links:

La Dolce Vita de Yoani em Cuba:

http://www.brasildefato.com.br/node/12043

IDH da ONU: